OUÇA MÚSICAS INSPIRADAS

8 de out de 2009

19 - O Quase Cristão: Uma reflexão para o Dia de Hoje

Introdução:

Observemos o texto de At 26.28: "Então, Agripe se dirigiu a Paulo e disse: Por pouco me persuades a me fazer cristão."

O que significa o advérbio “quase”?
1. Perto (aproximadamente) – Ex: Ele está quase na idade escolar.
2. Pouco Menos – Ex: Ele quase descobriu a fórmula.
3. Por pouco, não: por um triz, não. – Ex: Ela quase foi atropelada.

Tantas e tantas foram às vezes, que nós estivemos “quase” alguma coisa. - Quase que eu passei no vestibular; quase que minha avó chegou aos noventa anos; etc. Quase isso, quase aquilo...

Em nosso dia a dia o quase está muito presente, a tal ponto, que também na nossa vida espiritual, temos vivido muitas das vezes, o quase e não o exato. Gostaria de refletir, em poucas linhas, sobre a pessoa do "QUASE CRISTÂO".

1. O QUE QUER DIZER QUASE CRISTÃO?
É aquele que sabe o que deve fazer, porém não faz. Veja Tg 4. 17: “Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz nisso está pecando”.

É aquele que está convencido, e não convertido (rendido) ao Senhor Jesus. Veja At 26. 28: “Então Agripa se dirigiu a Paulo e disse: Por pouco me persuadis a me fazer cristão”.

É aquele que procura servir a Deus e ao mundo. Veja: Tg 4. 4: “Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus”.

É aquele que se diz crente em Jesus, todavia não dá frutos. Veja: Jó 15. 16: “Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda” (compare com v. 4-5).

2. POR QUE TANTOS CRENTES SÃO “QUASE CRISTÃOS”?
Porque seguem doutrinas de homens e não de Deus. Veja: Mt 15. 7-9: “Hipócritas! Bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens”.

Porque falam pela boca e não pelo coração. Veja Jo 7. 13: “Entretanto, ninguém falava dele abertamente, por medo dos judeus”.

Porque não querem ficar mal com parentes e amigos. Veja Jo 12. 42-43: “Contudo, muitos dentre as próprias autoridades creram nele, mas, por causa dos fariseus, não o confessavam, para não serem expulsos da sinagoga; porque amaram mais a glória dos homens do que a glória de Deus”.

Por causa do amor aos prazeres do mundo. Veja 2 Tm 3. 4: “traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus” (compare com vs. 1-7).

Por causa de pecados não confessados. Veja Pv 5. 22: “Quanto ao perverso, as suas iniqüidades o prenderão. E com as cordas do seu pecado será detido” (compare com vs. 21 e 23).

Porque são crentes avarentos (isto é, apegados demasiadamente ao dinheiro e sem generosidade). Veja Lc 12. 15: “Então, lhes recomendou: tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui” (compare vs. 20-21; 1 Tm 6. 7-10; 2 Co 9. 5-7).

3. UMA ADVERTÊNCIA DIVINA AOS “QUASE CRISTÃOS”.
A Palavra de Deus identifica o “Quase Cristão” como o morno. Veja Ap 3. 15-16: “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fostes frio ou quente. Assim, por que és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca”.

Para esses, como no tempo de Israel, Deus castigará. Veja Mq 6. 13: “Assim, também passarei eu a ferir-te e te deixarei desolada por causa dos teus pecados”. Compare com vs. 14-16).

4. O QUE O SENHOR PEDE DO “QUASE CRISTÃO”?

Veja Mq 6. 8: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é que o Senhor pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andeis humildemente com o teu Deus”.

- Praticar a justiça;
- Amar a misericórdia;
- Andar humildemente com o Senhor Deus.

E, SE NÃO O FIZER?

Veja Hb 12. 25: “Tende cuidado, não recuseis ao que fala. Pois, se não escaparam aqueles que recusaram ouvir quem, divinamente, os advertia sobre a terra, muito menos nós, os que nos desviamos daquele que dos céus nos adverte”.

Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário